Prémio Professor Doutor Paulo de Pitta e Cunha 2016 entregue a Luís Baltazar

O Prémio foi entregue no dia 15 de novembro, às 18:30, na Fundação Calouste Gulbenkian. 
 
4 Banner PPDPPC
 
 
O júri manifesta grande satisfação pelo quantidade e qualidade de trabalhos submetidos à sua apreciação no âmbito da primeira edição do Prémio Professor Doutor Paulo de Pitta e Cunha, que confirmam que o interesse pelas matérias de integração europeia continua vivo e pujante entre nós. No total, recebemos 33 candidaturas.
 
A escolha foi, por isso, difícil e diversos trabalhos mereciam ser escolhidos.
 
O júri, composto por Manuel Porto, Alessandra Silveira, Nuno Piçarra, Nuno Cunha Rodrigues, Miguel Sousa Ferro e Eduardo Paz Ferreira, decidiu atribuir o prémio a Luís Baltazar, pelo trabalho O Euro arrastou Europa para a estagnação secular. Como salvar Portugal?.
 
O júri decidiu, ainda, atribuir menções honrosas aos seguintes trabalhos:
- Filipe Brito de Bastos: Mapping a constitutional dilema: derivative illegality in European composite administrative procedures
- Filipe Fernandes: The European Constitution as na Economic Constitution: some axiological asymmetries of European Economic Constitutionalism
- Sophie Perez: O dever de anulação administrativa previsto no artigo 168.º, n.º 7, CPA – em busca de uma solução eurocompatível
 

A todos os candida​tos deixamos uma palavra de estímulo para que prossigam da investigação e carreira académicas.

Voltar